Você Sabe Como a Tecnologia Impacta Seus Relacionamentos?

Thiago Alencar - Redator Publicitário (Copywriter)

Você sabe como a tecnologia impacta os seus relacionamentos?

A tecnologia está mudando a maneira como nos comunicamos e nos relacionamos. 50 anos atrás, a ideia de escrever uma mensagem e ela chegar até o destinatário quase que instantaneamente parecia uma coisa que só se via em filmes de ficção científica.

A tecnologia tornou nossas interações mais práticas e eficientes. Porém, é importante tomar alguns cuidados. Nesse texto, vou citar alguns aspectos positivos dessa revolução tecnológica nos nossos relacionamentos. Também vou te dar algumas dicas de como ter uma relação mais saudável com a tecnologia.

 

Nunca foi tão fácil criar uma audiência e se tornar uma autoridade

Graças às redes sociais, hoje em dia é muito mais fácil criar uma base de seguidores. Plataformas como Youtube, Facebook, Twitter e Instagram foram capazes de aproximar criadores de conteúdo com os seus fãs.

Por exemplo, hoje você pode criar um canal no Youtube e falar sobre temas que te interessam e, com isso, desenvolver uma base de seguidores. Quanto maior a sua audiência for ficando, oportunidades como ceder o seu canal para anúncios ou conseguir um patrocinador começam a aparecer.

Você também pode anunciar no Facebook e Instagram a um preço bem acessível, muito mais barato do que anunciar pelos veículos tradicionais de comunicação. Com isso, você conseguem crescer o seu negócio ou a sua marca pessoal mais rapidamente.

 

Mais praticidade e eficiência

Ferramentas como o Whatsapp nos ajudam a falar rapidamente com alguém. Uma simples mensagem de texto ou de voz leva segundos para ser criada, enviada e recebida. Isso torna a nossa comunicação diária com o nosso círculo social mais eficiente. Seja por motivos de trabalho ou pessoais, falar com alguém está a apenas uma mensagem de distância.

 

Maior conectividade entre as pessoas

Por meio das redes sociais, hoje nos sentimos mais conectados com o mundo e com as pessoas. Um amigo seu que viaja para outro país pode postar as fotos da viagem no Instagram para você e seus outros amigos em comum verem. Você pode interagir com as fotos, deixando curtidas e comentários que serão recebidos assim que você clicar em postar.

Você pode trocar ideias sobre os seus filmes e séries favoritos, além de compartilhar com seus amigos qualquer coisa que seja do seu interesse no momento.

Até no âmbito profissional, as redes sociais estão mudando a maneira como nos relacionamos profissionalmente. O Linkedin vem crescendo a cada ano. Muitas empresas até já contratam novos funcionários usando as informações encontradas no perfil do candidato.

Todas essas mudanças são positivas e facilitam a nossa comunicação. Porém, nem tudo é um mar de rosas. Esse avanço tecnológico também trouxe problemas.

 

O vício do século 21

Mais e mais pessoas estão ficando viciadas em seus smartphones e redes sociais. Imagine você entrando em uma sala de reuniões onde várias pessoas estão sentadas à mesa. Porém, ao invés de conversar com a pessoa ao lado, todos estão com os olhos grudados nos seus celulares, enquanto esperam a reunião começar. Infelizmente, essa cena está se tornando mais a regra do que a exceção.

Uma das causas desse vício é a dopamina. Quando você recebe uma mensagem no Instagram, você se sente bem. Quando o seu post ganha várias curtidas no Facebook, você se sente bem. Quando a sua foto recebe vários “coraçõezinhos” no instagram, você se sente bem. Você se sente bem porque o seu cérebro recebe uma dose de dopamina cada vez que você recebe uma mensagem ou uma curtida.

É por isso que é difícil de largar o celular. Ele tem o mesmo efeito que o álcool, por exemplo. Você bebe para se sentir bem, assim como você checa o seu feed de notícias para se sentir bem. Assim como é importante beber com moderação, também é importante usar o seu celular com moderação.

 

Depressão e efeitos negativos ao seu estado emocional

Muitos estudos já concluíram que o uso excessivo de redes sociais podem causar depressão e mal-estar consigo mesmo. Todo mundo é expert em passar uma imagem da vida perfeita nas redes sociais. Só postamos o que é cool - uma viagem ao exterior que fizemos recentemente; o quanto nosso filho é esperto; o quanto adoramos o nosso trabalho; o quão delicioso está o nosso jantar.

Ao ver posts que só mostram “o lado bom” da vida da outra pessoa (que muitas vezes nem é tão bom assim), começamos a nos comparar com a outra pessoa. Pelo fato de estarmos vendo apenas as coisas “legais”, achamos que a nossa vida é chata e entediante. Isso pode nos levar a sentir tristeza e descontentamento com a nossa própria vida.

É importante lembrar que ninguém tem uma vida perfeita e, às vezes, aquela pessoa que é mais “popular” nas redes sociais é também a pessoa mais triste e desapontada com a sua própria vida.

 

Estamos desaprendendo a falar com as pessoas

Ao usarmos as redes sociais excessivamente, estamos desaprendendo a falar com os outros pessoalmente. A ideia de sentar com alguém, olhar nos olhos da pessoa e expressar nossas ideias está se tornando algo distante para nós.

 

Dicas finais

É importante lembrar que todos os recursos tecnológicos que temos hoje são ferramentas. Usadas corretamente, elas nos ajudam. Quando usadas de maneira errada, elas nos machucam. Por isso, quero deixar aqui 7 dicas para você ter um relacionamento mais saudável com a tecnologia:

 

  1. Defina o porquê você quer mudar os seus hábitos

Para ter um relacionamento mais saudável com a tecnologia você precisa ter um motivo para isso. É porque você se compara muito com os outros quando está nas redes sociais? É porque você sente que não está tão presente com a sua família? É porque você não consegue se concentrar no trabalho?

Uma vez que você identificar a razão pela qual você quer se relacionar melhor com a tecnologia, será mais fácil mudar os seus hábitos.

 

  1. Coloque o seu celular no modo silencioso e desative notificações

Pode parecer que você está se alienando do mundo ao fazer isso, mas a verdade é que a maioria das notificações que você recebe não são urgentes ou extremamente importantes. Com essa medida, você terá mais controle sobre o seu celular.

 

  1. Não use o celular quando estiver com amigos e familiares

Temos o hábito de pegar no celular assim que há uma baixa na conversa. Fazemos isso porque estamos tentando preencher o silêncio. Porém, é importante mostrar que você está presente naquele momento. Ao invés de pegar o celular, acostume-se com o silêncio e pense em como você pode contribuir para manter a conversa com a pessoa que está na sala com você.

 

  1. Delete apps no fim de semana

Algumas pessoas deletam seus apps de redes sociais no fim de semana. Essa pode ser uma boa maneira de te forçar a interagir com a sua família e amigos de uma forma que não exija o uso das redes sociais.

 

  1. Mantenha o celular longe

Outra dica é manter o celular em um lugar onde você não consegue vê-lo. Por exemplo, você pode deixar o seu celular em um outro cômodo da casa. Isso remove a tentação de querer checar o seu celular toda vez.

 

  1. Defina um tempo para ficar nas redes sociais

Às vezes você só quer ver o que seus amigos estão fazendo, o que não tem problema nenhum. O problema é quando uma hora se passou e você ainda está explorando o seu feed do Instagram. Limite um tempo para explorar o seu feed. Coloque um timer no seu celular de 10-15 minutos. Quando o timer acabar, saia do aplicativo e vá fazer outra coisa.

 

  1. Motive outras pessoas a fazer o mesmo

Às vezes é difícil ter um relacionamento mais saudável com a tecnologia porque todas as pessoas no nosso círculo social estão grudadas em suas telas. Motive os seus amigos e familiares a também darem um tempo com o celular. Você estará ajudando a si mesmo e as pessoas próximas a você.

 

Que tal “desplugar” um pouco e vir tomar um café conosco? Venha conhecer o nosso espaço!