Como estimular e desenvolver a sua criatividade

Thiago Alencar - redator publicitário (copywriter)

Criar. Conectar. Crescer.

Esses são os 3 pilares do HUS Coworking. Começa hoje aqui no blog uma série de três artigos, cada um dedicado a um desses pilares. O texto dessa semana falará um pouco sobre o 1º pilar: Criar.

 

Mas o que é criatividade?

Criatividade é uma daquelas palavras que você acha que sabe, mas quando alguém te pede para defini-la, o seu cérebro dá aquela “bugada”. Vamos ver algumas definições aqui:

“Capacidade de inventar, de criar, de compor a partir da imaginação.”

Habilidade de transcender ideias tradicionais, regras, padrões, relações e afins, criando ideias novas e relevantes, formas, métodos, interpretações, etc; originalidade, imaginação.”

Em seu TED Talk mais popular, Sir Ken Robinson define criatividade como o “processo de criar ideias originais que agregam valor”.

A melhor maneira de estar preparado para o futuro é desenvolvendo a sua criatividade. Principalmente hoje em dia, em um mundo que muda rapidamente, ser uma pessoa criativa é essencial. Seja nos negócios ou na vida pessoal, essa é uma habilidade que vai te ajudar a encontrar soluções para os mais diversos problemas e desafios que você virá a ter na sua vida.

Picasso disse que todos nascem artistas. O desafio é conseguir se manter um artista durante toda a vida, especialmente na fase adulta. Crianças são naturalmente criativas, e podemos voltar a ser mais criativos se nos lembrarmos de alguns pontos importantes.

Segue algumas dicas para você voltar a ser uma pessoa mais criativa.

 

Reconecte-se com seu mundo interior

Existem dois mundos, ou realidades: o mundo interior e o mundo exterior. O seu mundo interior inclui os seus pensamentos, convicções, planos, objetivos, sonhos, desejos, sua imaginação. Já o seu mundo exterior inclui as pessoas ao seu redor, seu trabalho, sua família, sua casa, seu carro, a rua onde você mora, as notícias, enfim.

O que acontece é que quanto mais você cresce, maior ênfase é dada ao seu mundo exterior e o seu mundo interior (sua imaginação) é deixada de lado. É importante você se reconectar com o seu mundo interior e deixar sua imaginação fluir.

Desenvolver o hábito da leitura pode te ajudar a se reconectar com o seu “eu” interior. Algumas pessoas meditam. Outras tocam um instrumento, desenham, colorem, pintam quadros, têm um diário (ou blog) pessoal, fazem origami, fazem caminhadas, enfim. Essas são algumas atividades que podem te ajudar a desenvolver a sua imaginação e reconectar-se consigo mesmo.

Embora você possa fazer essas atividades com outras pessoas, na maioria das vezes elas são feitas quando você está sozinho. Se você quer ser mais criativo, reserve um tempo para você passar sozinho. Nesse seu tempo, faça alguma coisa que estimule o seu cérebro.

 

Esteja preparado para cometer erros

Se você não estiver preparado para cometer erros, você nunca conseguirá criar algo diferente. Para ser criativo, você precisa entrar no flow, ou seja, você precisa deixar a sua imaginação livre para criar o que quiser. Sem julgamentos, sem culpa, sem perfeição.

Infelizmente, no mundo corporativo você não pode cometer erros. Até mesmo nas escolas erros são vistos como algo ruim. O problema é que quando temos uma sociedade que estigmatiza o erro, temos mais e mais pessoas que não conseguem ser criativas, por medo de errar.

Quando sentar para criar algo, arrisque-se mais. Tenha em mente que o seu objetivo é criar algo, e não atingir a perfeição. A criação final sempre pode ser melhorada e aperfeiçoada, mas para você aperfeiçoar algo, primeiro você precisa cria-lo.

 

Tenha interesse em várias áreas de conhecimento

Temos dois tipos de pessoas: os especialistas e os generalistas. Enquanto o especialista foca apenas em uma única área de atuação e conhecimento, o generalista tem uma ampla gama de interesses e possui algum conhecimento sobre várias áreas.

Algumas pessoas tem uma natureza mais especialista, enquanto outras tem uma natureza mais generalista. Esses dois tipos de pessoas são importantes, porque enquanto o generalista se destaca por criar ideias e conceitos originais, o especialista se destaca por saber implementa-las.

Se você tem uma natureza mais especialista e quer ser mais criativo, procure ser um pouco mais generalista também. Leia e estude sobre várias áreas de conhecimento, não só sobre a sua área de atuação. Seja uma pessoa mais curiosa e sedenta por conhecimento em geral.

Geralmente, a criação de algo novo envolve a combinação de duas ou mais áreas distintas, que formam algo diferente e original. Quanto mais amplo o seu conhecimento de outras áreas for, mais soluções criativas você conseguirá ter. Um determinado tipo de conhecimento pode se mostrar útil de uma maneira que você nunca poderia ter antecipado. Então, aprenda um pouco sobre várias coisas.

Essas foram algumas dicas para você despertar sua criatividade. Dentre as características de sucesso para o século 21, a criatividade está definitivamente no topo da lista.

 

Aqui no HUS Coworking acreditamos em criar. Venha nos visitar e descubra como o nosso espaço pode te ajudar a ser uma pessoa mais criativa. Agende a sua visita hoje mesmo!